HAJA PROTEÇÃO

MARCELO Freixo é um cara esperto. Duvidam? Vejam só: nasceu e se criou em São Gonçalo; depois de viver algum tempo aqui por Niterói, foi morar no Rio. Lá, em pouco tempo se tornou candidato a prefeito, e conquistou vaga no segundo turno da eleição ao passar um lote de candidatos cariocas pra trás. Isto até me faz lembrar o falecido João Saldanha, que costumava dizer, gabando-se, que se o largassem no deserto do Saara viraria sheik. Há semelhança. Só que Freixo não quer ser sheik, quer ser prefeito do Rio de Janeiro! Teria capacitação administrativa para isso? Não se sabe. Sabe-se apenas de sua simpatia pelos desordeiros, conhecidos por Black Blocs. Sobre eles, mais precisamente sobre seus “métodos”, eis o que declarou certa vez: “Vários movimentos têm métodos distintos. Eu não sou juiz para ficar avaliando os métodos em si. Tem uns métodos que eu acho que são mais eficientes, tem outros métodos que são menos. Mas eu não sou juiz para dizer que movimento é um movimento correto ou não é”. Entenderam? Quer ser prefeito do Rio, e, em freixez castiço, diz que, não sendo juiz, não sabe se “é correto ou não é” destruir patrimônios públicos e privados e jogar bombas na cidade. Sei não, mas acho que, caso seja eleito, São Sebastião, protetor do Rio, vai ter que redobrar sua proteção nos próximos quatro anos.



Escrito por Homero Vianna às 18h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  feira hippie de ipanema
  PROGRAMA SERGINHO TOTAL
Votação
  Dê uma nota para meu blog